Sexo

>Sexo

Ejaculação Precoce O que é – Comum para homens?

Ejaculação precoce o que é e até que ponto é considerado? A ejaculação precoce é um dos problemas sexuais mais comuns do homem, mais até do que a disfunção erétil.

Pode afetar a homens de qualquer idade e 1 em cada 4 homens sabe o que é não ter controle sobre a ejaculação. Segundo investigações publicadas, cerca de 30% dos homens por todo o mundo sofrem os efeitos da ejaculação precoce e, apesar disso, este é ainda um tema tabu na nossa cultura.

A ejaculação precoce define-se como ejaculação persistente ou repetida com um estímulo sexual mínimo antes, durante ou pouco depois da penetração; ou antes que a pessoa o deseje, causando apuros e vergonhas a uma ou a ambas as pessoas, de modo que pode afetar as relações sexuais e o bem-estar global do casal.

Ejaculação precoce o que é causado

ejaculação precoce o que é

A ejaculação precoce é um estado médico frequente e definido que pode afetar seriamente a qualidade da vida, o bem-estar físico e emocional dos casais, comenta James H. Barada, urologista no Centro de Saúde Sexual Masculina em Nova Iorque. Diz ainda: a grande maioria dos homens não se sente confortável a falar deste assunto, tanto com os cônjuges como com os médicos.

A Sociedade de Medicina Sexual da América do Norte (SMSNA) considera que se o estado ajudasse a aumentar a discussão pública sobre a ejaculação precoce se reduziria o estigma associado a esta.

Um grupo de trabalho empreendeu uma revisão da investigação recente e de um estudo representativo da investigação e concluiu que o termo ejaculação precoce era reconhecido universalmente e entendido exatamente pelos homens sofrendo de tal manifestação clínica e pelos seus cônjuges. Concluíram, também, que mudar a designação clínica podia ter o efeito contrário, o que poderia levar a confusões e à necessidade de uma reeducação global. Na investigação que incluía 61 profissionais de saúde, 75 homens que padeciam ejaculação precoce e 48 casais, outros termos que também foram utilizados de vez em quando pelos médicos para descrever esse estado, como «ejaculação rápida», não eram entendidos pelos participantes no estudo.

Da investigação destacam-se os resultados que dizem que o estigma está associado ao estado e não à designação clínica. O grupo de trabalho científico SMSNA recomenda o uso continuado do termo de ejaculação precoce para descrever o estado e, na tentativa de reduzir o estigma ao mínimo, convidaram profissionais médicos para animar o diálogo sobre a saúde sexual e as causas médicas da ejaculação precoce.

Os investigadores também se questionaram por que é que a ejaculação precoce era tão mal considerada tendo em conta que é uma patologia bastante conhecida.

A investigação adicional divulgada por Andrew R. McCullough, da Faculdade de Medicina da Universidade de Nova Cork, sugere que uma das razões possa ser o amplo impacto que a ejaculação precoce tem em muitos aspectos da vida do homem, deixando-lhe sensações de vergonha e de insuficiência. A análise do Dr. McCullough demonstra que os homens com falta de controle sobre a ejaculação tendem a sentirem-se menos satisfeitos com o ato sexual e com a sua relação sexual e que também podem sentir mais dificuldades pelo estado de ansiedade sexual e de excitação quando comparados com quem não tem esse problema.

Na investigação, os homens classificados com provável ejaculação precoce declararam uma falta de controle sobre a ejaculação (50%), satisfação reduzida no ato sexual (23%), pouco interesse no ato sexual (28%) dificuldade em se excitar (34%) e dificuldade em se descontrair durante a cópula (31%). Estes resultados mostram bem o impacto negativo da ejaculação precoce na qualidade de vida, desempenho sexual e desfrute do sexo.

Esta investigação destaca que a saúde sexual masculina abarca menos patologias médicas reconhecidas, além da disfunção erétil, explica o Dr. McCullough. Há maneiras de como não gozar rápido através de suplementos e cremes.

Ejaculação Precoce O que é – Comum para homens? 2018-08-13T16:52:35+00:00

Inversão de Papéis: a polêmica

Calma! Não julgue sem saber nem saia correndo sem ler. O fetiche da inversão de papéis pode ser uma deliciosa cereja para o bolo da sua relação.

Ao contrário do que você pensa, a inversão de papéis e um fetiche super comum e muitos casais são adeptos a pratica, mas claro, ainda por puro preconceito, ninguém sai por aí falando normalmente sobre o assunto. E também é sim o desejo de muitos homens. Poder falar abertamente de suas vontades e desejos e assim serem totalmente realizados, em seu relacionamento.

tabu no sexo para homens

Mas, estou eu aqui falando sobre o assunto e nem me dei conta de que você pode não saber o que é: Inversão do papéis.

Então, no português claro, a mulher penetra o homem, nesse caso, com um vibrador, ou uma cinta com um consolo acoplado, assim a mulher fica com um p… no lugar da bu. Como você já sabe o prazer anal é muito comum a todos os homens, isso porque o “ponto g” deles fica na próstata que se localiza dentro do ânus.

A inversão de papéis, pode ser uma deliciosa brincadeira, para rasgar todos os tabus e preconceitos e apimentarem e muito a relação de vocês.

Mas, como abordar tal assunto com seu homem?? Pois é, não é uma tarefa assim tão fácil. Isso também porque os preconceitos e tabus quanto a masculinidade dos homens ainda é muito repressor e seu homem pode não topar de primeira, com medo de ser criticado e julgado por você.

O fato do homem gostar de inverter os papéis, não tem nada a ver com homossexualismo. Trata-se apenas de um prazer comum, uma zona de prazer do corpo humano, e não tem absolutamente nada a ver com ser homossexual.

Não sei se você sabe, mas nós fazemos parte de um grupo do “meio liberal” onde já vimos de tudo. Inclusive, nesse meio também conhecemos algumas garotas de programa, que me afirmaram que pelo menos 50% dos homens que as procuram, pediam a inversão de papéis, como realização de fantasias reprimidas. Então, pense melhor sobre o assunto, ok?

Continuando… algo que você pode tentar inicialmente, antes de tentar penetrar seu marido. É fazer cainhos na região anal dele, e ver assim qual será a reação dele.

Conversar sobre o assunto com muito cuidado também é sempre uma boa opção. Como eu disse, tome cuidado! Se seu homem achar que você está em algum momento criticando ele ou julgando suas fantasias, ele nunca mais se abrirá pra você novamente.

É fato! Os homens têm muitas intervenções nervosas no ânus, e no quadrante inferior do bumbum, então esses fatores tornam essa região sensível ao toque, proporcionando sim muito prazer ao ser estimulado.

O fio terra é o início do caminho para inverter os papéis. Quando o homem estiver muito excitado, tente fazer carinhos nessa região, até que ele permita que você introduza o dedo. Se o homem tiver problemas com ejaculação precoce, ele deve aprender como não gozar rápido para dura mais na cama.

Caso ele diga que não ou algo do tipo, diga que você tem esse tesão e que você vai se excitar muito… ele vai permitir. Tenho certeza que ele vai pedir “bis”

Assim, dessa forma, indo com calma, começando com carinhos, beijos e o fio terra você estará literalmente abrindo o caminho para então, inverter os papéis de verdade.

Além claro, do prazer de ser penetrado, a inversão de papéis, tem um “que” do prazer de ser dominado ou submisso… Alguns homens também adoram ficar de 4 com coleirinha sendo dominado por suas mulheres…

Depois disso vá experimentando uma imensidão de vibradores, consolos e próteses com diversas cores, modelos e texturas diferentes. Alguns modelos até vibram, proporcionando ainda mais prazer. Na arte do sexo amor… o céu é o limite.

E aí? O que achou do artigo? Muito picante pra você? Passa do seu limite? O que acha? Conta tudo!! Comente abaixo com suas opiniões!

Inversão de Papéis: a polêmica 2018-08-13T02:45:44+00:00